Prostodontia1

Prostodontia 

Especialidade da Medicina Dentária dirigida ao restabelecimento e manutenção das funções do complexo maxilo-mandibular, nomeadamente, a nível mastigatório, fonético e estético, restaurando e mantendo a função da cavidade oral, a estética, o conforto e a saúde do paciente. Pretende a restauração dos dentes naturais, bem como o reposicionamento de dentes ausentes e dos seus tecidos associados, através das reabilitações protéticas.

Prostodontia4


Existem dois tipos de reabilitações protéticas: fixas e removíveis. As próteses que estão fixas na boca podem utilizar como suporte os próprios dentes naturais (dento-suportadas), ou, quando não é possível utilizar, dentes naturais podem ser colocados implantes dentários, aos quais são aparafusadas as coroas ou pontes (implanto-suportadas).

Em relação à reabilitação de dentes naturais, recorrendo à prótese fixa, pode ser realizada com o objectivo funcional pelo facto de existir uma grande destruição dentária. Nestes casos é possível usar coroas ou pontes. Mas a intervenção da prótese fixa não se limita a dentes com grandes destruições, podendo também ser utilizada por motivos estéticos quando é desejável alterar a forma, a cor ou a posição de um ou mais dentes. Por exemplo, se um paciente tem um pequeno espaço entre os dentes ou um ligeiro apinhamento e não quiser submeter-se ao tratamento ortodôntico, é possível obter um sorriso harmonioso com a colocação de facetas em cerâmica. Estas facetas são uma espécie de ‘capas’ colocadas na face exterior do dente.

As próteses removíveis podem ser assentes apenas na gengiva e/ou nos dentes naturais. Muitas vezes estas próteses são desconfortáveis, mas é possível aumentar o seu conforto bastando para isso a colocação de um número reduzido de implantes, para poder optimizar a retenção das mesmas.

 Prostodontia2Prostodontia3